quinta-feira, 31 de julho de 2008

Espigueiros de Soajo



O conjunto de 24 Espigueiros compõem uma eira comunitária, sendo todos eles em pedra e assentes em granito. O mais antigo data de 1782. Alguns ainda hoje são utilizados pela população.

Construídos para a secagem do milho grosso, cultura introduzida no século XVII, estas construções constituem um dos maiores e mais impressionantes conjuntos de espigueiros do país. Permanecem como símbolo do espírito de grupo.

Beijinhos,
Gata Verde

60 comentários:

Pinguim Alegre disse...

E eu que pensa que isso era para prender os animais... tipo gatas... LOLADA!

beijos grandes

Sandra disse...

:))

eu conheço por canastras, aki pa cima pós interiores encontras algumas :) são tum lindas, mas em madeira :)

besuuuuuuuuuuuuuuuus gatita

Vício disse...

é sem duvida bastante interessante ver estas reliquias do nosso pais que se vão mantendo com o passar do tempo!

e o milho fino é guardado onde?

(sandra... canastra é um jogo de cartas! anda numa rica vida!)

hiltom disse...

São lindos!
E lindo era esse velho hábito comunitário. E não só.Na maior parte das aldeias o mesmo forno servia para várias pessoas cozerem o pão, pois as mais pobres não tinham possibilidades de construir um. Então, lá amassavam o pão e levavam a lenha para aquecerem o forno dos outros que lhes cozia o sustento da semana.
Conheço muito bem estas imagens.

boa semana

mjf disse...

Olá!
Interessante...a vida em comunidade :=)
Hoje??? nem pensar...só em Museu ;=(


Beijocas

Safira disse...

Nunca tinha visto estas construções, que engraçado. A tradição a tentar resistir...

Beijinhos

Bongop disse...

Fotos muito boas, nem sabia que essas "coisas" existiam...

Teté disse...

Acho que há um filme antigo português em que se vêem uns espigueiros (nem conhecia o nome, nem como canastra), mas também julgava que já não existiam...

Estamos sempre a aprender com as tuas viagens! :)

Beijocas!

Rafeiro Perfumado disse...

E tens a certezinha que eram 24? Eu não te vi a contá-los...

Carecaloira disse...

Este rafeiro anda impossivel de aturar!!!

Mais um sitio que não conheço.

Quanto ao Reiki experimenta, penso que vais adorar.


Beijocss e bom fds

Fernando Rodrigues disse...

Como são lindos e fotogénicos, faz muito tempo que não os fotografo também.

Bjitos

Fernando

Sunshine disse...

Ena, fotos do Soajo e dos espigueiros .... que saudades...

Bjokas e bons passeios.

Esse Rafeiro está rafeirissssisssisssimoooo !!

Sérgio Pontes disse...

Adorei essa foto, esse locla deve ser muito bonito!

Beijinhos

Rocket disse...

são mais um regalo para os olhos, para quem viaja no minho...

bjinhos miaus

Cadinho RoCo disse...

Imagens lindas a retratarem os espigueiros que parecem flutuar.
Cadinho RoCo

Andreia do Flautim disse...

Aqui há-os em madeira!

Animal Candy Sugar disse...

jogar com ele? mais?
já estou farta.
ainda diziam os avós que eu devia ter saudades dele -.-

Beijinho *

Ácido Cloridrix HCL disse...

No Minho esses espigueiros decerto. Algures na serra do Gerês? Será??? Lindoooo,,,, HCL

O Profeta disse...

Este Portugal tão rico de curiosidades...


Doce beijo

Ka disse...

Estes espigueiros conheço eu :) embora já não os visite há algum tempo :)))


Beijinhos e um excelente fim-de-semana

Fátima disse...

Sem duvida, que há imensas coisas que se vao perdendo, hoje em dia com o avanço da tecnologia, a vida nao é a mesma.....eu ainda sou do tempo,em que ajudava a minha avó (que apesar das suas 82 primaveras, ainda continua viva e rija)nas ditas eiras a bater com um pau, nos repectivos feijoieros e afins,para que depois ao vento os limpasemos e os colocase-mos em arcas.Bons tempos esses, sem duvida..

Deixo-te um beijo e um desejo de um optimo fim de semana!!!
Que nos continues a encantar com estas belas fotos.

Sorrisos em Alta disse...

Pois, mas já não é para guardar espigas que os actuais os utilizam...
malandros!
,o)

caditonuno disse...

já aí estive, o local transmite uma paz espectacular!

Santhiago Ramirez disse...

Que lindo lugar. Quando voltar às plagas lusitanas, hei-de visitá-lo.
Beijos carinhosos do Thiago

JOSÉ NEVES disse...

Verdadeiras relíquias deste nosso belo e grandioso Portugal, excelentes estas tuas duas perspectivas.

Um beijo.

Ácido Cloridrix HCL disse...

Muito agradecidos pelas pertinentes participações anteriores, agora convidamos-te a participar em mais um desafio sobre Sexo.
Desafio: Faça a sua “Bucket List” sobre Sexo. Liste as 5 coisas ou fantasias sexuais que gostaria de fazer, no que respeita a sexo, nesta vida, antes de morrer. Para quem pretenda aceitar o “desafio”, sugerimos se concentre sobre a questão e responda antes de ler os comentários dos outros intervenientes. Gratos antecipadamente pela participação,,,, HCL e H2Oh!
Link: http://sexohumorprazer.blogspot.com/2008/08/faa-sua-bucket-list-sobre-sexo.html

mundo azul disse...

Muito interessante! Nunca tinha visto nada parecido...Ótimas fotos!

Beijos de luz e o meu carinho...

Diego disse...

Voltei ;)

Filipa Sousa disse...

Olá Gata,

Conheceço a zona, tenho um amigo que tem casa no Soajo e sem duvida alguma que é uma vila muito bonita, super calma e sossegada.

Bonita descrição a tua.

Bjinhos

jasmimdomeuquintal disse...

Aqui já estive!
bjos e boas viagens...

Daniel J Santos disse...

Excelente e que bonitas são estas terras com toda esta tradição.

Sorrisos em Alta disse...

Já agora, que tenhas uma semana "sem espigas"

Beijoca

Capriccio disse...

Já vi esses espigueiros noutro blog, mas tu acrescentas-te mais alguma coisa, não tinha reparado que eram feitos de pedra, e não sabia que eram utilizados ainda pela população. Muito giro.
Beijinhos :)

Laura disse...

Oi, a casa dos meus avós é de 1766, e está de pé, temos espigueiros de pedra e em bom estado, mas, está tudo a ficar abandonado, já só vive lá uma tia velhota..que saudades dos tempos do antes... Há quem arranje os ditos com redes, madeiras novas e já não fica tão in como antes... é o progresso...Beijinhos.

Zabour disse...

Eu já vi alguns espigueiros espalhados por povoações o ano passado quando vinha de la corunha e são de facto muito bonitos.É fantástico como estão bem preservados.
Mas assim, todos juntos deve ser um encanto para a vista.
bjokas

tulipa disse...

E...
PORQUE ESTAMOS NO VERÃO...
APETECE-ME...
a vida ao ar livre
mas quem aguenta tanto calor na rua?
Só à noite!

Convido-te a veres os festejos na zona da Expo, junto ao rio, com uma aragem mais fresca.

BELOS OS TEUS PASSEIOS.

Posso deixar-te um abraço bem apertadinho, posso?

Osvaldo disse...

Olá Gata Verde;
Lindíssimas fotos a valorizarem umas das regiões mais belas do mundo que é o "nosso" Minho.
Tenho algumas fotos tirads aos espigueiros de Vila Franca, Ponte do Lima e que como tu dizes, muitos ainda são utilisados pelas populações rurais.
Só espero que as autoridades do nosso país insentivem a defesa desse património que deveria ser defendido por todos.
bjs.

D.Antónia Ferreirinha disse...

No meu concelho ainda existem una quantos espigueiros.
São lindos.
Beijinho.

evipensieri disse...

Oi amiga.

Que lugar bonito e que construções interessantes ...

Eu não conhecia.

Bjs.
Elvira

paulofski disse...

Recordo a minha mãe a explicar-nos para que serviam aquelas "casinhas pequeninas".

Beijinho

João Videira Santos disse...

As fotos (lindissimas!) dum Portugal que vale a pena reviver ou conhecer (se for o casa)

Vivian disse...

Oi Gatinha!
¡Que magnificas construções! Nunca as vi. A primeira impressão que me deu foi um cemitério, será pelas cruzes. Melhor é do que sejam para o milho. Ainda que não te comentei as imagens de abaixo, pareceram-me formosas, principalmente a primeira com esse puentecito.
Mando-te um beijo.

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Amiga Gatinha, belas fotos, onde se encontram ?
Eu tenho fotos novas de S. Miguel... Um beijão do tamanho do Mundo,
Fernandinha

Stuckinha disse...

Olá Gata Verde

Na aldeia dos meus pais e avós, ainda se mantém muitos de pé, não assim tão agrupadinhos (24 - não é lingua viperina de Rafeiro), ficam espalhados pela serra e as populações ainda os utilizam para armazenar o milho, cereais, ou simplesmente palha seca (não sei até quando, pois se a ASAE se lembra dos inspeccionar fecha-os por falta de condições e WC). Lá, como disse a outra Sandra, são chamados de canastras.

Beijokas

Dragão Azul disse...

Por aqui também existe alguns, não sei se é verdade mas diceram-me que esse tipo de espigueiros são patrimonio nacional e não podem ser destruidos.

Bjos.

Nuno de Sousa disse...

Um excelente registo amiga Gatinha, e como eu adoro o Minho, belas fotos por aqui minha amiga. Bjs e eu vou de férias para o Norte :-)
Nuno

Alexandre disse...

Fotografei uns espigueiros numa aldeia perdida do interior do concelho de Cabeceiras de Basto, além de outros - também têm datas antiquíssimas, um património que eu temo muito que não seja preservado como deveria ser!

Muitos beijinhos!!!

evipensieri disse...

Oi amiga.

Passe lá no meu blog pois tem um presentinho para você.

Bjs.
Elvira

O Profeta disse...

Ai quem me dera agitar o tempo
Atirar a mágoa à voragem da noite
Arrancar as raízes ao pensamento
Sentir a paz que uma lagoa acolhe


Boa férias


Mágico beijo

ines disse...

"Viajar é Viver" e tu vives!!!!!


Um beijo grande, amiga!

Diabba disse...

Já olhaste bem para os espigueiros? Para mim são comparáveis às piramides (só medéstia tuga). Como é que carregaram aqueles pedregulhos por ali acima e fizeram as casinhas?

beijo d'enxofre

foryou disse...

Também gosto!!

Oiça lá oh enjoadinha não acha que está na altura de experimentar o barquito???!!!

beijinhosssss

Fernando Santos (Chana) disse...

Cara amiga, duas belas fotografias de belo Património...Excelente...
Beijo

Olá!! disse...

vrummmmmmmmmmmmmm
vrummmmmmmmmmmmmmmmm
não te faz lembrar nada? LOL
beijosssssssssssssssss

Vsuzano disse...

Vou pôr um na minha varanda...para armazenar o milho que estou a criar nuns vasitos...(ai crise ao que me obrigas)...

beijo

Gata Verde disse...

Olá amigos aventureiros!!

Não sei o que se passa HOJE no "mundo blogger", mas estão a desaparecer comentários!!!

Espero que voltem...vamos esperar!!!

Vieira Calado disse...

Oí!
Que belas fotos!
Quanto ao Merdock, tem férias... escolares... desde que, em 1953, se matriculou no LIceu de Faro...

Bjs

Maria disse...

Parece-me que andamos pelos mesmos locais!

Boas perspectivas destes tão fotogénicos espigueiros!

Beijinhos

Oliver Pickwick disse...

Lugar impressionante, querida Gata Verde. De fato, viajar é viver.
Depois de mais de trinta dias ausente da blogosfera, estou de volta.
Um beijo!

Hugo Gomes disse...

Uma bela zona! Bonito conjunto de espigueiros penso dar essa volta brevemente.
Gostei da perspectiva e sempre muito bem descrito.
Bjs